30 de agosto de 2009

Don't stop dancing...

Quando meus pais se separaram eu tinha quinze anos. A idéia de voltar para casa e não achar minha mãe deitada no tapete da sala, assistindo seu programa vespertino favorito, não pareceu me incomodar de começo, porém pelos anos que se seguiram esta mesma cena tornou-se como um dos sonhos mais remotos.


Ela queria casar de noiva. Mas tudo o que aconteceu foi um casamento feito às pressas, sob as ameaças de um pai furioso, disposto a honrar a reputação da filha. Dezesseis anos depois, diante de mim e da minha irmã de doze anos na época, estavam eles sentados, dizendo que nada mudaria em relação ao que sentiam por nós.


eu vou morar no fundo do mercado, disse minha mãe com uma bolsa de viagem pendurada no ombro, ficamos morando com meu pai que, na verdade não quiz aceitar a ida dela e deixou isso tão claro como a culpa que estampava seu rosto.


Se a reação dele foi essa, cada uma de nós particularmente aceitou o fato do seu modo. Minha irmã tornou-se uma rebelde, dessas que desistem de estudar, chutam portas, xingam, etc.Eu me fechei num mundo só meu e repetia para mim mesma que, eu só queria ve-los felizes, mesmo que isso dependesse da minha felicidade, tudo bem... A única vez que extravasei, foi chorando abraçada à minha mãe no seu trabalho, nas muitas vezes em que eu ia buscar alimentos (maioria pedidos do meu pai, como se fosse pagamento por ter ficado com nós).


Hoje. Cinco anos depois. Isso já não dói mais. Ela encontrou um grande amor, quando ele lhe perguntou a hora, se conheceram, casaram e o fruto é uma menininha de 1 ano, que eu amo. Meu pai depois de três meses, reencontrou um grande amor, se bem que soube que o pivô da separação foi essa namorada, que meu pai tinha antes de conhecer minha mãe e que, mantiveram contato mesmo depois que ele casou.

(►•.─────■■■ ■■■─────.•►)
Peso? Não sei, nas duas farmácias que tentei ir estavam fechadas! O.o
Animo? Numa escala de 0 à 10... está 5, bom,neah?
Perspectiva para a semana? Começo de dieta (claro e óbvio) e muito trabalho.
Por hoje está bom. Beijos a todas!

10 comentários:

  1. SEu post me fez pensar na separacão dos meus pais. Quando eles se separaram eu tinha 27 anos e estava pra me casar. Eles de bracos dados no meu casamento foram a prova de que sacrificariam muito ainda pela minha felicidade. O que mais doeu na época foi saber que minha mãe não teria do homem que ela queria o amor que ela merecia. Minha mãe teve namorados depois disto, mas sei que o grande amor dela foi meu pai. Ele se foi em 2003 e com ele a esperanca que ela tinha de voltarem algum dia. Até a última semana de vida dele, ela ainda o queria de volta. Eu tenho umas fotos que tiramos juntos os trÊs (eu meu pai e minha mãe) passeando em Sydney em 1997. Foi a última vez que fizemos um passeio juntos em família. Faltava meu irmão, mas eu me senti pela última vez a queridinha dos pais...Hoje estou aqui lendo seu blog e vendo que não estou sozinha, outras pessoas passaram por situacões semelhantes. Obrigada pelo post de hoje: muita inspiracão!

    ResponderExcluir
  2. Poxa, que triste... Quando meus pais se separaram eu tinha 6 anos, ele maltratava muito a minha mãe e eu confesso que na época eu senti um alívio apesar da pouca idade. A separação foi as vésperas de eu fazer uma cirurgia muito complicada para retirar o meu baço , pois eu tenho uma anemia chamada esferocitose, eu tinha pouca chance de vida mas consegui sobreviver. Hoje estou om 20 anos, minha mãe casou de novo e separou, meu pai asou e teve uma filha que tem 5 anos, mas ele tem um sentimento de culpa mto grande e tenta consetar o que fez no passado. Eu n guardo mágoas dele, e hoje em dia ele se preocupa mto comigo, essa semana estive internada e ele se preocupou mto, ligava toda hora, ia me ver... Recompensando o que fez no passado.
    Seu post me fez lembrar mtas coisas, que eu consegui superar, espero q vc tb consiga... bjokas....

    ResponderExcluir
  3. Apesar dos pesares, a história é linda...
    Houve sofrimento mas houve também espaço para o amor :)
    E do teu lado, nada mais prova o amor que lhes tens, do que essas palavras tão sabiamente belas e sentidas do fundo do coração...
    Amas os dois e apenas queres a felicidade de ambos...
    Espero que eles saibam o tesouro de filha que és.
    Beijo linda e obrigada pelo parabéns :D

    ResponderExcluir
  4. ...apesar de ser triste a história...seu post ficou lindo!
    A história de vida das pessoas nos faz relembrar a nossa e agradecer pelo que temos!
    Meus quase se separaram...foi um situação difícil lá em casa na epóca! Muito choro, preocupações, arependimentos(meu pai tinha engravidado um mulher) e essa estava ameaçando meu pai.
    Foi muito sofrido...mas hoje eles vivem bem! Posssa ser não tão feliz por parte de minha mãe... mas estão juntos há 35anos.

    Forças na sua caminhada!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Olá, mi querida! ;)
    Vim tardiamente agradecer seu apoio no meu blog. ^^
    Frequentemente passamos por períodos negros, e, bem, foi um desses aí...
    Obrigada pelo apoio e pelo incentivo!

    Posso te dizer que passei por problemas de família grotescos. Não só a separação de meus pais (que foi um alívio, pois eles brigavam muito, todos os dias e acabavam descontando na gente), como muitas outras coisas que não são muito legais de se comentar! rsrs
    Então eu compreendo essa dor que você passou e que agora está anestesiada no seu coraçãozinho ;)

    Você merece ser muito feliz, flor! E disso eu tenho certeza absoluta! :D Pode demorar, mas a vida sempre acaba nos presenteando, como foi o caso da sua mãe, encontrando esse grande amor e tendo a filhinha que você tanto gosta! Essa história... Concordo com a Andy! Faz a gente acreditar no Amor! ;)

    Muitos beijos Cristais e Brilhantes!

    ResponderExcluir
  6. Oi amorê
    Amei o blog !! De coração !!!
    Continue lutando , voce consegue !!
    Passa lá no meu ?? É novo !!
    Bjkinhs

    ResponderExcluir
  7. Q HISTORIA TRISTE,MAS Q BOM Q VC DEU A VOLTA POR CIMA, NEH?
    SABE,AS VEZES,Ñ,SEMPRE,TENHO A SENSAÇÃO DE Q SOH NASCI PRA OCUPAR O MUNDO,AFF

    ResponderExcluir
  8. realmetne n gostei mt do seu pai...
    i a historia n éh mt alegre...
    mais tenha fé ki um dia TUDO se resolveeee

    ;*

    ResponderExcluir
  9. Oi amorêee
    Mtu obrigado pela visita e pelo apoio !!!
    Muito obrigado msm ! De coração !!
    Volta lá ??
    Post novo !!
    Bjos

    ResponderExcluir
  10. Olá. Estou visitando. Vou seguir.

    kissus

    ResponderExcluir