20 de janeiro de 2010

Você é aquilo que cria sobre si...


"Tanta amargura escondi
O medo de não acertar
Sonhos coloridos destruí
Que eu não quero mais lembrar
Não vou mais chorar
Foi o que decidi
Não vou mais sofrer
Pra que viver assim

Com imagens da infância, comecei a chorar
Caí na caixa das lembranças..."
(Cura-me fernanda Brum)

------------------------------------------------------

Minha garganta havia arruinado. O motivo? Sinceramente não sei. Nem saliva queria descer por ela, tive febre, faltei o serviço, não senti fome. Pensar que isso seja bom ou não, ainda não parei para analisar...

Entretanto com a ausencia de compulsão x depressão, tenho estado absolutamente bem, obrigada. Temo até o momento em que possa ir embora esta calmaria, então abraço a normalidade. É, verdade. Ficar sem me odiar diante do espelho é um pouco assutador, confesso. Mas, poder se controlar diante daquilo que mais te deixa fora de si, não tem preço!

Ultimamente tenho olhado para as pessoas ao meu redor. Imaginando qual seriam seus medos e aflições, aquilo que elas guardam com sete chaves dentro de si. O lado sombrio de cada um, que uma hora ou outra se desmascara e tem sua vez no teatro da vida. Temos culpa? Alguma talves.

Até a próxima, desculpe pois não tenho o que escrever hoje. BjOus

14 comentários:

  1. Podemos ter culpa, mas se faz parte da nossa personalidade... Sou obscura, mas desconto mais em mim, e em quem amo, e não em quem merece. Isso é o mais obscuro de tudo.

    Melhoras nessa garganta, chá de gengibre, além de acelerar o metabolismo, é bom pra garganta.

    ResponderExcluir
  2. Melhoras!

    Pois é... eu tb fico a olhar para as pessoas e a imaginar quem são realmente! Quais seus medos...sua fraqueza e etc!
    As vezes fico até paranóia. É por isso que acabo sendo tipo controladora das pessoas. Sou louca?! Não sei! E quem é normal?!

    Beijos!♫

    ResponderExcluir
  3. Engraçado... Você disse que não tinha o que escrever, mas eu adorei seu post... Mesmo... Suas palavras sempre tocam minha alma...

    Beijos, força! ♥

    ResponderExcluir
  4. Melhoras amore!!!

    Fico tão triste em saber que anda passando por tantos problemas...

    mudei te link e de nome.rs
    http://secretmylive.blogspot.com/

    Beijos Love ou melhor.rs Süüüh Love

    ResponderExcluir
  5. Minha princesa, não tema a calmaria, a normalidade. Apenas curta este momento ^^
    Aliás, os momentos bons são muito raros XD

    Te desejo uma ótima tarde.!





    Kisses, Roxy. ♥

    ResponderExcluir
  6. Não acho meu peso perfect. Não pra minha altura...

    Como vai?

    Beijos ♥

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. tenho olhado para as pessoas ao meu redor.
    Imaginando qual seriam seus medos e aflições,
    aquilo que elas guardam com sete chaves dentro
    de si. O lado sombrio de cada um, que uma hora
    ou outra se desmascara e tem sua vez no teatro
    da vida.
    _____________________________________________
    também costumo fazer isso, tento encontrar a
    loucura dos outros pra justificar a minha, pra
    não ser somente eu.. às vezes funciona..

    mudou a imagem do blog, gostei! sensibilidade..

    beijos, linda!

    ResponderExcluir
  9. Ain esse post fez eu ver q todos temos nosso demonios internos...

    ResponderExcluir
  10. Puxa...

    Amei este seu texto.
    Vc tem razão!! Tentando ter controle eu me descontrolei agora que procuro ter paz de espírito é que realmente começo a ter controle sobre a minha vida e minhas ações.

    Um dia conseguirei acabar com tudo isso de vez.

    Obrigada por suas palavras em meu blog.

    ResponderExcluir
  11. eu quase sempre tenho me sentido sem chão tambem
    Sem rumo, sem tino e sem vontade pra nada \:
    Eu odeio a minha imagem no espelho.
    A gente vai cnseguir superar tudo isso
    No fim as coisas dao certo, e eu prefiro acreditar qe vá ter um fim e que ele vá ser bom.
    Beijos flor :*

    ResponderExcluir
  12. Linda, é verdade se não dormimos bem, estamos sempre mal. Enfim ando melhor, fim de semana ajuda na alimentação e no sono.
    E tu pareces-me doentinha, mesmo mal, desejo mesmo boas melhoras e mãos longe da compulsão e mia.
    baci*

    ResponderExcluir
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  14. O grito era estremecedor mas contido na garganda.
    o desejo de se expresar era maior que a força do grito.Olho as pessoas girando em torno de mim, não sei o que realmente querem se são felizes ou não. Pouco me importa seus temores!
    Sem perceber o grito é liberado.
    Quero ser feliz do meu jeito!

    bjs e melhoras!

    ResponderExcluir