23 de junho de 2010

Flores de papel...



"Eu permaneço no vão da porta
Do despertador gritando
Monstros chamando meu nome
Me deixe ficar
Onde o vento vai sussurrar pra mim
Onde as gotas de chuva
Enquanto caem, contam uma história


No meu campo de flores de papel
E doces nuvens de canções de ninar
Eu minto dentro de mim mesma por horas
E assisto meu céu roxo voar sobre mim

Não diga que estou fora de alcance
Neste galopante caos - sua realidade
Eu sei bem o que está para além do meu sono refúgio
O pesadelo que construiu o meu próprio mundo para escapar


Engolida pelo som do meu grito
Não posso cessar o medo das noites silenciosas
Oh como eu anseio pelos sonhos do sono profundo
"

( Imaginary - Evanescence)

---------------------------------------------------------------------

Minha garganta doí. E começo a achar que a culpada é a chuva, ela nunca mais deu as caras por aqui. Porém quando surge, é com aparente desequlibrio. Começo a achar até a natureza compulsiva em alguns pontos. Imprevisivel e devastadora como o ser humano. Transformamos tudo mesmo ao nosso redor, sem duvida! Basta ver, parar para perceber e notar o mundo de espelhos nos cercando.

A balança, ela decidiu abaixar algumas gramas. Hummmm... melhor assim, não? Ando substituindo meu café da manhã por um copo de leite de soja (naturalmente doce, oba!) com apenas 58 calorias. Li algumas matérias sobre como o vicio por açucar, vamos dizer assim logo, age no cerebro. A compulsão também tem efeitos semelhantes ao de drogas.

Estou assim com o humor neutro, sentimentos vazios e opacos.

15 comentários:

  1. Entendo a parte do humor neutro. Me sinto bastante assim.Nem feliz, nem triste, apenas vai levando... No deixa isso te dominar, ok?

    Hmm, adorei a opção do leite de soja. Tinha me esquecido dele... :) bgs amiga ♥

    ResponderExcluir
  2. Adoro o teu blog!

    Me indentifico muito bem com a maneira cm vc expressa os mais confusos sentimentos...

    Beijuh&Força

    ResponderExcluir
  3. Ah amor.!
    Senti a sua falta =)

    Tbm ando neutra com humor... Até que é bom, antes estar neutra do que infeliz, irritada, etc...

    Un, que ótimo que a balança resolveu abaixar algumas gramas. Por menos que seja, é sempre bom perder peso \O/

    Te adoro.
    Tenha uma ótima noite.



    Kisses, Roxy. ♥

    ResponderExcluir
  4. Oi linda...
    Melhoras ai com sua dor de garganta...
    Bom eu sinceramente sempre achei que compulsoes eram iguais drogas... é mto parecido os sintomas, primeiro voce fala pra si mesmo que nunca mais vai fazer isso, depois vc nao aguenta e acaba fazendo e se culpando e prometendo pra si mesmo q nunca irá fazer e depois... Bom parece um ciclo, infelizmente...
    Beijos Linda e força (L)

    ResponderExcluir
  5. Eu esqueci... Parabens pelos gramas perdidos XD
    ;*

    ResponderExcluir
  6. Adoro os seus posts...é aí que eu me lembro o qto eu era assim tão profunda...antes de pensar apenas em calorias e balaça e peso...me sinto até uma pessoa futil neste momento, mas se ainda pude lembrar de como eu era...eu até poderia ser de novo não é mesmo?
    Obrigada pelo apoio...por vc principalmente eu vou eliminar os malditos 3 kilos^^bjo bjo

    ResponderExcluir
  7. paaraaabeeens pelas gramas perdidas *--------* continue assim amoor sei q conseguee ok e melhoras da garganta viu bjj ♥

    ResponderExcluir
  8. Oiee!! *-* amoo essa musica!! adoro qndo a Amy lee gritaa " Paper floweeeeeeeeeeeerrrrrrsssssssss" tento canta junto... mas sabe como é néh... minha cordas vocais ñ ajudam mto askoaskoa

    Q bom q vc perdeu pesoo flor!!! *_* td de bom xp

    Bjinhuss!!ForçaSempree!!!

    ResponderExcluir
  9. Ao menos perdeste peso, mesmo tendo compulsão.
    Ando na mesma, compulsão de massa hoje ;s
    Temos que tentar controlar.
    Baci*

    ResponderExcluir
  10. oi linda!!
    leite de soja é bom? eu nunca provei
    e sabe o açucar é um dos alimentos mais viciates mesmo!! é por isso que quando agente começa a comer nao para(credo)
    bjokas para vc s2

    ResponderExcluir
  11. ela procura esconder de si mesma...
    sua culpa não há deixa em paz.
    ela está trancada em sua casa com o copo cheio de dor,olhando no espelho a procura do seu eu.

    ResponderExcluir
  12. Oi moça!!Encontrei seu blog por acaso e aos poucos percebi que estava diante de uma escritora de grande potencial. Sim, você trabalha bem as palavras e estas transcendem e inundam o espírito. Encantamento! Esta é a palavra certa para a tua poesia. Escreva, publique, venda!! Não procure motivos ou sentido... você já os tem!
    Abraço grande!!
    Adriane

    ResponderExcluir
  13. Esqueci de postar meu email: adrianeueg@gmail.com

    ResponderExcluir
  14. E a chuva ainda por cima deixa os nossos dias sombrios... bem como eu me sinto. Talvez seja um reflexo do que somos por dentro?
    Muita força nesse fim de semana =s sempre tão complicados...
    e parabéns pelas gramas perdidas...

    beijoOOO

    ResponderExcluir