19 de setembro de 2010

Querida obsessão...

"Olhei até ficar cansado
De ver os meus olhos no espelho
Chorei por ter despedaçado
As flores que estão no canteiro
Os punhos e os pulsos cortados
E o resto do meu corpo inteiro
Há flores cobrindo o telhado
E embaixo do meu travesseiro
Há flores por todos os lados
Há flores em tudo que eu vejo

A dor vai curar essas lástimas
O soro tem gosto de lágrimas
As flores têm cheiro de morte
A dor vai fechar esses cortes..."

(Flores - Titãs)
------------------------------------------


Mas aonde erá que foi parar? Busco por toda parte. Abro gavetas, fecho-as. Olho embaixo da cama, por entre as cobertas não arrumadas desde a hora em que levantei. Preciso, fico repetindo para mim mesma, enquanto procuro. Sinais de abstinência não são bem - vindos, porém não consigo controlar. Apenas entrego-me, rendo-me e me deixo manipular.
Engraçado como a razão desaparece em certos momentos, não? E sua mente fica vazia como uma casa abandonada, sem dono. Cada parte de mim parece querer comandar a situação. E é aí que as coisas pioram. Começo a perceber que só existe uma vida "pós" isso, capitulos anteriores não são permitidos na minha história, neste livro.
Ela tem vida própria, e quer brincar com a sua, chame-a de como quiser, pode ser apelidos carinhosos - se for para despistar - se amá-la melhor, não? Quando foi que entreguei o controle a ela? Que contrato assinei? Quais motivos me levaram a isso? Ninguém me avisou que seria todo o meu coração o pagamento. Não li em nenhum lugar que me perderia a cada injetada de pensamento, em cada curva do caminho.
Ufa! Ali está ela. Encaro sem me aproximar por uns instantes, brava pelo seu sumiço. Estava dentro da minha caixinha, aquela mesma que guarda vestigios de mim - pedaços que remendo de vez em quando. Ela sorri dizendo: _ E então, o que vai ser esta semana? Amanhã é o começo, não se esqueça do que eu quero que você sinta, faça e minta, okay?

15 comentários:

  1. a razão existe para que tenhamos sempre o controle sobre nós mesmos! beijo!

    ResponderExcluir
  2. flores é do titãs. toquei essa musica no meu show hoje. ela dói tanto...

    ResponderExcluir
  3. Às vezes não sei onde a minha se esconde... tenho de arranjar uma caixinha.

    ResponderExcluir
  4. É assim que me sinto tambem... E é bom que a sua se esconda tão bem...

    ResponderExcluir
  5. Mas quem somos nós? Com ela? Sem ela?

    Abração e boa semana.

    ResponderExcluir
  6. Ela domina-nos. Não foi preciso um contrato com Ela. A nossa fraqueza mais íntima entregou-nos.
    Ainda assim, é possível obter o controlo. Difícil, porque já nos habituamos a seguir os passos Dela.
    Puxa pela tua razão.:)
    Será que algum dia a nossa máscara vai cair?
    Filipa*

    ResponderExcluir
  7. sempre escondendo -se e estanho viver assim mas ja não vivo sem ela estou te seguindo flor espero que não se importe beijos

    ResponderExcluir
  8. muita força linda... estou do teu lado flor
    beijinhos

    ResponderExcluir
  9. Use sua lagrima (o soro) para alimentar as flores (sua vida) olhe o que esta em sua volta de outra forma que assim vai encontrar a saida.

    bjs
    Insana

    ResponderExcluir
  10. Foi dificil ler algo cinza em um fundo azul claro, doi a vista pra cacete,..mas ate que valeu a pena!
    Inté!

    ResponderExcluir
  11. Sempre que venho aki leio seus posts mas nunca me vem nada na menta pra comentar...nada que eu consiga comparar as suas lindas palavras.
    Fica bem.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Te esconde. O mundo é mal lá fora. É horrível. Eu quero essa caixinha também, porque vivo nesse mundo, e infelizmente sofro junto.
    :/
    Beijos linda, força!

    ResponderExcluir
  13. Que texto Vihh uaau!
    Nos rendemos a ela a cada dia, melhor mesmo é ama-la... pq no final sempre nos deparamos com ela e nao adianta, ela se cala um tempo mas depois reaparece...
    Beijos e boa semana!

    ResponderExcluir
  14. "Melhor mesmo é ama-la"
    =´/

    força vida estaremos sempre juntas nessa viu

    ResponderExcluir