8 de setembro de 2010

Oh, tão forte...


"Você me diz que sua vida tem estado fora de controle
Você está caindo aos pedaços toda hora

Porque você teve um dia ruim
Você está se sentindo para baixo
você canta uma música triste apenas para mudar isso
Você diz que não sabe
Você diz para mim "não minta"
Você força um sorriso e dá uma volta de carro
Você teve um dia ruim

A câmera não mente
Você está para baixo e na verdade não se importa
Às vezes o sistema funciona mal
E a coisa toda dá errado
Talvez você não consiga voltar e você sabe
Que poderia estar bem, oh tão forte..." (Cause you had a bad day - Daniel Powter)
------------------------------------------------------

Por favor,
Diga-me que seu eu repartir com você um pouco dessa dor, irei melhorar. Por que talvez você também já tenha passado fome algum dia e, hoje a passe de propósito, se privando das calorias, mera ironia do destino. Ou melhor, nunca tenha visto o quarto decorado por seu pai para sua chegada da maternidade, ou os sorrisos dos parentes ao te ver, pois minha mãe estava brigada com todos no meu nascimento.

Quem sabe você não me entenda se eu disser, admitir, que a unica casa que foi nossa mesmo, eu não conheci e pode ser que a sua mãe também tenha feito diárias de doméstica a cinco reais. Desculpe, dizer essas coisas sem mais nem menos, mas é melhor aqui do que numa discussão. Eu tenho pavor de brigas, você sabia disso?

Sei que também não gostaria se visse sua mãe quebrar todos os copos e pratos da casa ou se visse seu pai tentando se enforcar na sua frente, mas eu ainda tinha olhos pequenos, de criança, não sabia o que ele estava fazendo. Tudo, mas tudo isso mesmo, criou um conjunto fabuloso de desculpas que uso para me afogar em doces.

Foi folheando as folhas do meu velho diário que, li sobre uma menina de quatorze anos. No meio de suas letras, fiquei sabendo que já se achava feia, ou que sua tia vivia lhe dizendo como seu braço era gordo e tal. Essa menina dizia que amava sua familia. Falava sobre um principe encantado.

Tenho de dizer que, não tenho argumentos para dizer a ela se eu a encontrar um dia. Pois essa menina era eu, antes que a vida me abrisse as cortinas e me pussese diante de tudo.

11 comentários:

  1. Nossa...to te acompanhando a um bom tempo,
    mas essa postagem foi a mais tocante :/
    Tenha fé Vihh, nem imagina quem eu sou, mas
    é sério, eu torço por vc!
    Bjo:*

    ResponderExcluir
  2. muita força linda... a vida não é um mar de rosas mas temos de aprender a superar as dificudades por muito dificil que isso seja.
    estou aqui para o que precisares
    beijos

    ResponderExcluir
  3. ah linda esse seu post foi muito emocionante de verdade nem sei que dizer para vc mas espero qe ter botado tudo isso pra fora tenha feito vc se sentir melhor faça com que tudo isso que esta sentindo se transforme em força de vontade e perseverança em vez de comer espero realmente que vc esteja bem!!
    bjus

    ResponderExcluir
  4. ... oiê ! fico cda vez mais impressionada c/ seus post's e tenhu a dizer que " me pussese diante de tudo. " seria muito mais dificil mas ainda assim me veria do lado de fora desse abismo =/ ... Obg pela força e c/ sua persona acredito q seja mt forte ... good luck , estou sempre de olho em seu blog vc é uma das minhas hinspo ... kisses *-*

    ResponderExcluir
  5. oi minha querida
    te desejo forças flor
    sei q vc pode se levantar dessa viu?
    não fique triste pelo passado,pois temos q viver o presente ok?sei q as magoas sempre ficam e as vezes não querem ir embora,mas tente esquecer a trsiteza do passado flor
    bjos

    ResponderExcluir
  6. Meu pai quebrava tudo tbm....e minha mãe no quarto chorando e algumas vezes sobrou pra mim e acabei levando surras que deixaram sequelas psicólogas de tão brutas.
    Mas enfim....já passou, hoje meu pai é uma pessoa bem diferente disso.

    Mas é sempre bom poder desabafar....e tbm acredito que a vida sempre nos reserva algo mto bom.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. ... suas palavras nos leva aos acontecimentos vivênciados por ti há alguns anos...triste... mas a sua maneira de escrever é prefeita!!

    Não perca a fé! Continue e viver e a luta como essa menina que sonhava... mas que agora é mulher e as cortinas se abriram então... se abra para o mundo e siga seu caminho, por mais arduo que seja.

    Força.

    ResponderExcluir
  8. minha mãe quebrava tudo também. e tentou se matar 2x qnd eu era criança. engraçado, essa semana eu repassei pelos meus escritos de adolescente e vi que já estava tudo ali, o sentimento de não caber em mim, de me sentir errada e só, eu só não entendia de onde nem como aquelas coisas aconteciam. Coisas de antes dos meus pais se separarem... guardei umas coisas que poderia ter escrito no meu blog hoje. E eu era só uma menina tola de 15 anos...
    Minha mãe sempre diz que história triste todo mundo tem pra contar, temos é que seguir em frente.
    E seguimos. Só Deus sabe como... mas seguimos, não é mesmo?

    ResponderExcluir
  9. não vou dizer que lamento ou algo que possa parecer que estou com pena, afinal imagino que não é isso que você quer.
    Eu já tive problemas com meus pais, problemas de verdade, mais você entrou no meu blog e me alegrou o dia com apenas uma frase "vejo que vc é forte", imagino que pessoas fortes sempre tem um histórico ruim e se você me acha uma pessoa forte, você é uma garota invencível pois mesmos em te conhecer ou te ver você me fez sorrir.
    Obrigada e muito sucesso na sua vida linda.
    Estamos aqui pra apoiar umas as outras, pode contar comigo sempre (:

    ResponderExcluir
  10. Desculpa, coloquei o link em baixo da postagem ;}

    ResponderExcluir
  11. http://garotaenunvens.blogspot.com/
    visita lá.

    ResponderExcluir