2 de dezembro de 2010

Veneno



Tornou-se um vicio e, você nem se deu conta que já está fingindo sorrir de novo. Quando volta para se tirar do armário, depois de um dia de trabalho, coloca a máscara de lado. Guardada com carinho, para não se desmanchar ainda mais.
As batidas do seu coração fazem eco lá dentro de si. E todas as armaduras já não resistem a vontade de poder ser apenas você mesma. Diga-me como se sente ao perceber o veneno, o seu próprio, percorrendo suas veias, te deteriorando lentamente, diga-me?
Olha! Na balança o ponteiro subiu e... você ainda não consegue falar com ele...

13 comentários:

  1. Tive um sentimento esquisito ao ler.
    Desculpe

    ResponderExcluir
  2. Como diria Meg Stock, "esse meu ódio é o veneno que eu tomo querendo que outro morra".
    Abraço.

    ResponderExcluir
  3. é só + um dia sem sol
    a chuva bate fortemente em sua janela
    não sei o que fazer para fugir
    fugir de mim mesmo, fugir da minha depressão
    me tranco em casa com aquela musica que é unica
    há unica que me faz chorar,a unica que me faz ver
    que ainda fale a pena viver

    ResponderExcluir
  4. "E todas as armaduras já não resistem a vontade de poder ser apenas você mesma."

    Ao ler, eu quis chorar. Mas as minhas armaduras resistem e eu ainda não me permiti fraquejar.

    Força, amiga.

    ResponderExcluir
  5. Lembrei de Clarice dizendo "O que me mata é o cotidiano. Eu queria só exceções."

    Beijo, beijo.

    ℓυηα

    ResponderExcluir
  6. Que texto forte! Porém triste!
    Pois sei que não esta bem!
    Força flrozinha!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. amor , me identifico muito com seus textos , muito linda vivih , muito lindo mesmo .
    força :/

    ResponderExcluir
  8. Esse veneno que as vezes dá vontade de tomar pra ver se morre com o proprio veneno rsrs
    Cuidado ae e melhoras

    ResponderExcluir
  9. Que triste amor :( Eu sei como é sentir isso. Não fique assim, se recomponha!

    Beijos meu anjo, estou te seguindo, se puder, me siga também para manter contato, ok? Se precisar de alguma coisa, é só falar.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  10. Odeio me sentir assim!
    Amei o texto!!
    Beijos, força!

    ResponderExcluir
  11. É bem triste esse mundo real :\
    gostei do texto
    beijos e força querida

    ResponderExcluir
  12. Minha rotina foi resumida em suas palavras.

    "Tornou-se um vicio e, você nem se deu conta que já está fingindo sorrir de novo."

    Porém já percebi minha máscara, mas me recuso a tirá-la. Ela é minha única proteção, contra a todos e a mim mesma.

    ResponderExcluir