6 de janeiro de 2011

Apodrecendo discretamente



"Preciso de outra história
Algo que saia do meu peito
Minha vida está entediante
Preciso de algo que eu não possa confessar

Até que todas as minhas mangas
estejam manchadas de vermelho
De todas as verdades que eu disse
E que vieram honestamente, eu juro
Pensei que você tinha me visto por um instante, não,


eu tenho andado à beira de um precipício, então..."
(OneRepublic - Secrets)

-------------------------------


Mais um fim de ano sem festas, semelhante ao ano passado, com a diferença de eu estar em uma cidadezinha próxima da minha, com um pessoal da igreja da minha mãe e que, detalhe: não conhecia nem de vista, então vocês imaginam! Noutro dia, para saciar o vicio da internet saí garimpando um cyber mais próximo, fui achar à quadras da onde estavamos.
Lado positivo: Não teve aquela mesa tentadora e tipica... Mesmo assim engordei, droga!
Nos três dias que fiquei lá, desde a véspera, não houve um em que eu não chorasse - olhando-me no espelho e vendo os projetos não realizados, como eu estava sentimental! Não fiz planos. Metas? Nem pensar. Os fogos incendiaram o céu, meus olhos marejados, a mente em branco. Durmi cedo.
Minha mãe: _Mas você vai deixá-lo ir?
Respondi, com aquela naturalidade adquirida com muita prática: _Claro e porque não? Mãe, nós éramos só amigos!
Nem preciso dizer que doeu falar isso, entranto serviu para acalmar os ânimos delas - cito minha irmã que estava louca para me casar - Tudo voltou ao normal, agora, porque enquanto eu estava sentindo uns sentimentos estranhos... Ele estava se apaixonando por outra. Resultado disso: Compulsão, claro.
Temos de nos mudar logo, o dono da casa a quer de volta, minhas coisas estão entulhadas no canto.

18 comentários:

  1. tem palavras e frases que sempre dizemos, pra poder disfarçar as nossas dores ..

    ResponderExcluir
  2. as coisas precisam se ajeitar. Uma hora o embrulho vai estar onde deveria sempre estar.

    ResponderExcluir
  3. Olá Vih
    Espero que as coisas se ajeitem por ai, tanto exterior quanto no interior.
    Você vive tão encapsulada em você mesma, se permita há abrir um pouco o casulo para um pouco de luz entrar.

    ResponderExcluir
  4. eu acredito q um dia isso tudo vai passar. mas para ter efeito tu é q tens de acreditar. força * será um bom ano!

    ResponderExcluir
  5. oie florzinha, experimente fazer amizades, vai te deixar melhor xD
    Melhoras em tudo ae, kisses

    ResponderExcluir
  6. Desejo um ótimo ano pra ti!
    Um ótimo ano para todos nós, sem este sentimento nômade...
    Bjux e saudações!

    ResponderExcluir
  7. Como se fins de ano sempre fossem encantadores.

    =)

    adorei.

    ResponderExcluir
  8. é sempre ruim deixar pessoas que gostamos partir. mas você sabe o que é melhor pro seu coração e se foi a melhor alternativa, então vai ficar tudo bem.
    Desejo um 2011 melhor pra ti.

    beeijos e se cuida

    ResponderExcluir
  9. Nada é fácil! E vc já esta acostumada, por mais que não queria, com situações complicadas e difícieis de manejar!

    É difícil deixar ir... mas não podemos prender! Então vamos seguir em frente por mais que doa... e nada de novos planos. Vamos tentar realiazar, finalizar ou concretizar os que vem sendo empurrados de outros anos!?

    Olha espero que dias melhores venha. Que bons ventos traga melhores dias...brias mais leves!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Na noite de ano novo fui dormir cedo também, não me atrevi a sair gorda do jeito que estou pra rua, ainda mais depois de comer. Minhas primas foram e eu fiquei.. enfim. FORÇA FLOR, vc é mais forte que essas compulsões, precisa sim de metas pra que elas parem de acontecer!

    Vou te seguir, gostei do blog =)

    ResponderExcluir
  11. Amiga,que chato oq aconteceu com seu boy mas eu sei que você vai se recuperar e realmente as pessoas mais proximas ficam super preocupadas conosco.
    Oq precisar é so falar viu?
    Dá uma olhada no meu blog?
    littleinfinito.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. meu fim de ano não foi mt diferente do seu affff
    passei na casa de uma amigo pq se n ja era
    gosto de OneRepublic tbm
    da uma olhada na danielle em meu blog
    bjs

    ResponderExcluir
  13. Palavras e sentimentos nem sempre condizem.
    E isso pode doer. E dói.

    Já falei alguma vez que te adoro?
    Te adoro. ^_^

    ResponderExcluir
  14. Tbm passei meu final de ano sem festas... Espero que 2011 traga-lhe ótimas coisas, após este começo...

    Senti sua falta e pesso desculpa pelo desaparecismento aqui no seu blog (não só não seu mas em todos...)

    Amo-te.!



    Kisses, Roxy. ♥

    ResponderExcluir
  15. até as mudanças requer paciência.

    ResponderExcluir
  16. Foda viu querida...
    Voltei, me visita, desculpe a ausência

    ResponderExcluir
  17. aah,quanto mais nervosa ,mais comida
    eu sei como é...
    chicletes e muuuito nestea lights
    beijinhos :*

    ResponderExcluir
  18. Fico sempre de comentar, mas...
    faço tudo errado mesmo!
    Desculpe sempre a ausência. Não sei se minhas palavras são de algum conforto mas as escrevo com todo carinho que ainda resta em mim.

    Me sinto sufocada em lugares onde não conheço ninguém, é terrível! Se já sou difícil com os conhecidos, os desconhecidos nem se fala...

    Eu sempre acabo fazendo planos, metas, queria não fazer, pois a decepção parece muito maior.

    Boa sorte com a mudança.
    Que os dias sejam gentis com você.
    BJ

    ResponderExcluir