16 de fevereiro de 2011

Diagnósticos...



Eu fico olhando para meu reflexo no espelho
Porque estou fazendo isso comigo mesma?
Perdendo minha cabeça em um pequeno erro
Eu estava perto de deixar meu verdadeiro eu na prateleira
Não, não, não, não...

Lágrimas não significam que você está perdendo.

Escovando meu cabelo, pareço perfeita?
Esqueci o que fazer para se encaixar no molde
Quanto mais eu tento, menos isso funciona
Porque tudo dentro de mim grita: não, não!



(Jessie J - Who you are)
--------------------------------------------


De repente, me lembrei que tenho esquecido de você. O coração se fez indiferente à sua lembrança, nenhuma pontada de dor... Então é isso? De uma hora ou outra passa mesmo, não havia acreditado. Os sentidos voltaram a serem neutros.

Mais um desentendimento com meu pai e... pronto: estou "quase" morando na casa da minha tia. Apenas isso não saí de mim: a sensação de ser uma estranha. Faço de tudo para não incomodar. Desejo até ser invisivel se for preciso.

Até a tristeza de não ter passado em nenhum vestibular foi-se como uma nuvem no céu. Desfez-se assim, lentamente. Essa instabilidade me assusta, não ter certeza me consome a energia. As vezes só comendo para aliviar, o quê não sei, mas funciona em certos momentos, depois vem a culpa... aí ela já nem faz cócegas, fica ali.

Minha prima disse que pareço criança, com medo de tudo. Que sou indecisa, me cobro demais, que sou triste. Nossa!(Respira fundo) Nem um médico conseguiria tal diagnostico. Não queria chorar, e não o fiz. Depois, a noite, olhando para o escuro, ouvindo a respiração da minha irmã junto ao silêncio que, elas chegaram... Molharam meu rosto, umedeceram o travesseiro e pingaram no Teddy, mas ele sequer reclamou, continuava me abraçando.

15 comentários:

  1. Eu também querida, quanto mais tento parece que menos fico perto ad perfeição, será isto fato? Ou projeção de nossas mentes? também... que diferença faz?
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Se cobrar voce mesma não adianta, então o que resta na vida? desespero? dor?

    ResponderExcluir
  3. eu sinto isso, sabe? parece que não termina nunca, não importa o quanto eu me esforce...
    será que essa nossa luta maluca tem fim?
    bjs

    ResponderExcluir
  4. ela chora pela perda de um amor
    um amor que deixou resquícios em sua infância
    um amor que ela tenha conhecido só quando criança
    um amor paterno
    esse é o maior de suas dores a maior perda de seus amores
    por isso ela tem seus fantasmas

    ResponderExcluir
  5. Como sei o que é sentir-se uma estranha dentro de própria casa. O vazio corrói tanto como a tristeza.
    Espero que não desistas. Há sempre uma estrela que se pode acender no nosso caminho.
    Força!

    ResponderExcluir
  6. oiii nusss linda que inveja (boa) do teu blog.. ta muito lindo... perfeito perfeito.. fico ate com vergonha do meu... mas nao sei mecher naquilo direito... se puder me dar umas dicas vou adorar... bju... é verdade a dor passa e a gente nem percebe. que bom né, digo por experiência propria, e outra a gente so sofre de verdade uma vez, as outras nos deixam triste mas sofrer como na primeira vez, nunca mais...
    bju bju bju...

    ResponderExcluir
  7. passei a vida toda me desintendendo com meu pai sei como é se sentir assim querer ser invisivel pra não incomodar

    conta comigo pra tudo

    (ly.anna.zip.net)

    ResponderExcluir
  8. Fico triste por ouvir estas palavras, e espero que sinceramente soltes esse medo de tudo. Porque acho que se te libertas dessa coisa nas tuas costas.
    Bjinhos

    ResponderExcluir
  9. Estou tentando mudar .. cansei de chorar .. mais parece que quando voc~e chora tudoo ...fica melhor ...
    força pra genty
    bjos ♥

    ResponderExcluir
  10. Meu bem, eu sou assim também. Um poço de tristeza, mas mesmo sendo desse jeitinho, as vezes querendo ser invisivel também, eu me amo do jeito que sou.

    ResponderExcluir
  11. Curioso, mas, com texto, vieram-me dois poemas lindos de grandes compositores nossos: "Chora, disfarça e chora... Aproveita a voz do lamento Que já vem a aurora" e "De repente, não mais que de repente Fez-se de triste o que se fez amante E de sozinho o que se fez contente. Fez-se do amigo próximo o distante Fez-se da vida uma aventura errante De repente, não mais que de repente"... Como as coisas têm que ser assim, não é mesmo?! Viva, ria e chore sobre esta transitoriedade, minha cara: parece-me que és maior que tudo isso... Abraço!

    ResponderExcluir
  12. O céu está mais longe que antes.
    A tristeza e a dor são constantes.
    A falta que um sorrisso faz.
    Caminhar sem olhar pra trás.
    Esse sou eu, mais forte que antes.
    Com o coração partido,
    volto sem esperanças.
    O inferno eu já conheci.
    Nada vai ser pior pra mim.
    Do abismo que eu caí.
    A dor me deu forças pra subir.
    Quantas vezes você chorou.
    A tua lágrima me acordou.
    A poesia me resuscitou.
    O anjo voltou...

    Autor: Anjo Triste

    beijokass

    ResponderExcluir
  13. aprendi que o tmepo cura tudo. Não podemos valorizar os problemas porque senão damos força pra eles e dai ele fica cada vez maior. Você está certissima em não ligar mas só não pode se acomodar como é o caso do vestibular. Eu de primeira também não passei e só passei na reclassificação.
    beijos flor e tenta ficar mais alegre,
    te senti tão tristinha =/

    ResponderExcluir
  14. Ah flor, quanto mais agente tenta,parece que nada está certo.Quanto mais tentamos ser forte para os outros, nos tornamos frageis pra nós mesmas, as palavras que as pessoas usam pra nos descrever muitas vezes acabam nos machucando.
    Força pra ti
    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Essa instabilidade me assusta, não ter certeza me consome a energia...
    Exatamente.

    BJs, melhoras pra ti, Fada.

    ResponderExcluir