1 de fevereiro de 2011

À lembrança... um brinde!




"Atiramos o passado ao abismo - mas não nos inclinamos para ver se está bem morto."

(William Shakespeare)

-----------------------------------


Aquela calçada, agora de outras crianças, um dia foi declarada minha. Sim, quando eu era a garotinha de dez anos, com boneca a tira-colo e um pedaço de gesso na mão, riscava sóis no chão, no meu céu não havia lugar para nuvens, há não ser que elas estivessem sorrindo. Logo ali, para chamar a vizinha eu penduricava no muro, sorria e ela já sabia que minha comidinha de barro a esperava para o tal chá da tarde.





20 comentários:

  1. to sentidno tua falta no meu cantinho heim.... e ai como vc tah ????
    hum post mto significativo e misterioso tmb heim...
    Bjos pra ti

    ResponderExcluir
  2. Salute! :)

    Lindo e simples!
    Melhor que essa infância, nunca ouvi falar!

    BJ

    ResponderExcluir
  3. nunca me deixaram riscar a minha calçada, então eu riscava a da rua toda. '-'
    eram calçadas coletivas, que eu dava de presente para quem quisesse. '-'
    infancia é uma delícia.

    e o melhor, e o pior é que ninguém pode tirá-la de você.
    ela é sua, e de ninguém mais.

    ResponderExcluir
  4. Oie coisa linda *-*
    q saudades de ti vida*-*
    como está amorA?
    espero q tenha uma ótima semana e q tudo esteja bem,beijooooos
    te amo ♥

    ResponderExcluir
  5. eu sempre fui de fk no meu cuarto, axo q por isso não tenhu uma visaum ampla.. mas enfim.. otima semana linda!

    ResponderExcluir
  6. Por que a vida tem que ser tão dura né? Eu também tenho saudades da minha infância... A vida era menos dura... Ou será que quando somos crianças percebemos as coisas diferente? Enfim... Luz e força pra você. Bjos

    ResponderExcluir
  7. Que lindoo são seus textos!
    Você escreve muiito bem flor!
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Tah lindo o blog!!
    Tem um selinho no meu blog!!=)
    força meu amor ♥
    bjos

    ResponderExcluir
  9. isso me faz lembrar de uma musica do legião giz
    bjão

    ResponderExcluir
  10. Adoro ter esses tipos de lembranças nostalgicas *-*

    FORÇA!

    ResponderExcluir
  11. minha poetisaa q sdds dos teus textos ;)
    estou vltando minha flor sdds suas ...

    ResponderExcluir
  12. Dê vida novamente a essa Fada que tinha asas...

    ResponderExcluir
  13. Adoro saudades da infância!!
    Beijos, adoro os teus post's, me identifico muito!!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. oi fadinha, eu passei aqui no outro post como 'anônimo' , mas eu já criei um blog.
    eu me identifiquei muiiiito com vc, amr. se puder me passa seu msn, tá?
    força. vou te seguir aqui no blog e acompanhar ♥

    ResponderExcluir
  15. Um brinde a este teu "rabisco" de criança: sorva com todo seu ímpeto esta alegria de sóis alegres e volte logo aos Morcegos, cheia de gás! Abraço!

    ResponderExcluir
  16. Tem selinho pra vc no meu blog
    http://universo-da-aninha.blogspot.com/2011/02/selinho.html
    bjusss

    ResponderExcluir
  17. Frase forte.
    texto de dor.

    amo o que vc escreve, pois sempre sinto sua alma.

    bjs
    Insana

    ResponderExcluir
  18. Aquela nostalgia gostosa da infância nos faz sorrir, pena que passa rápido.

    ResponderExcluir