22 de agosto de 2011

Pode chorar...







"Tomar atitudes em nome do que for mais seguro seria agir tendo
como base o medo da incerteza. Será melhor você fazer amizade com a incerteza do
que tentar se livrar dela através de apostas supostamente seguras."



Caderno B. Horóscopo de Leão, pág. 2b - Correio do Estado - 22/08/2011



"Ele:_Que foi?
Eu: _Você!

Ele:_O que eu fiz?

Eu: _Existiu! "





O domingo não querendo partir só, te levou de mim.


Assim que o despertador gritou em meus ouvidos: Cinco e meia da manhã! O medo desejou-me bom dia, ajudou me a levantar e, até arrumar a cama. Emprego novo, compatível com ansiedades novas, sim a gastrite agradece.


Esses dias, minha mãe me deixou cuidando da minha irmã pequena de três anos. Quando ela percebeu o aparente abandono, começou a chorar num canto atrás do sofá. Liguei a sanduicheira. Pão, manteiga, salame e choro. Peraí, menina, vá chorar pra lá, disse rispidamente. Ela saiu, descalça, coçando o cabelo despenteado, foi para o quarto.


Apareci. Aqui seu pão, pequena. Falei deitando para assistir o desenho ao seu lado, estaria entrertida? Soluços, carinha fechada, riscos de lágrimas nas bochechas. Ela olhou pra mim, dizendo: _Viana, posso chorar?


Pronto. Desmoronei, o que eu estava lhe fazendo? Privando-a do direito de sofrer? Apenas para que ela se torne igual a mim mais tarde? Eu disse que podia e ela chorou. E eu a invejei.

8 comentários:

  1. São nas pequenas coisas que notamos quão mesquinhos nós somos, tenha paciência com ela, mais tarde ela poderá te ajudar nas dificuldades. Beijos.

    ResponderExcluir
  2. ah flor não fique assim na verdade eu estou morrendo de vontade de chorar hoje,beijo

    ResponderExcluir
  3. Texto triste .. mas difícil não se identificar.
    Que saudade de apenas poder chorar ..

    ResponderExcluir
  4. Acho que chorar é um direito tão pessoal que ninguém realmente devia se dizer contra. Por isso eu sempre choro sozinho, porque é meu momento, minhas dores, meu choro. Toda esse papo de ser forte nao significa não chorar, significa ser firme. E até ao chorarmos estamos fazendo bem a nós mesmos, colocando pra fora todo o veneno que nos angustia. A sua irmãzinha é um caso bobo, mero, porque afinal ela não tem motivos reais para sofrer. Você, penso eu, assim como todos nós nesse meio tem. Não se prive. Se precisar chorar chore. É libertador.

    ResponderExcluir
  5. Passei no teu blog depois de um longo tempo, sorry.

    Confesso que fiquei com a inveja mesmo. Nem consigo chorar a não ser daqueles choros raríssimos que tive.

    O Matt disse tudo mesmo!

    Melhoras, querida.

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Que coração de poeta, tudo aqui é tão lindinho, texto triste o de hoje, imaginei a situação, to um pouquinho triste, acho que teria agido igual (certeza), precisamos de paciência com os pequeninos, difícil demais, sou muito impaciente e quase sempre deprimida!
    Já está na minha listinha de dolls, passarei aqui sempre.
    Beijos =*

    ResponderExcluir
  7. (in)certezas... nao quero mais ficar encima do muro, rs.

    beijo mocinha.

    ResponderExcluir