28 de novembro de 2011

Meu motivo



-... Por que ele mora com o pai sargento, ninguém o tira do exército. Tem seu carro, ganha muito bem, não tem lá grandes responsabilidades, pode viajar, se dar ao luxo de ter eletrônicos recém lançados, mas e nós duas? Não moramos com nossos pais, porque eles não têm casa própria. Não temos nem carteira de habilitação quanto menos um veículo. Não fazemos faculdade. Como vamos estar daqui a dez anos, hein? – Minha irmã comentando nossa situação, ontem à noite, enquanto nos preparávamos para dormir.

Umedeci ainda mais o travesseiro. Senti pena dela e de mim. E eu que estava chateada por não ter ido ao show do O teatro mágico – Bobeira! Enquanto tantas crianças nem podiam sair daquele hospital, onde estive fazendo estágio à tarde. Então, decidi que iria lutar para elas (minhas irmãs e minha mãe), que esse seria meu motivo daqui por diante, funciono melhor pensando nos outros.     

12 comentários:

  1. Ai anjo, me cortou o coração ler isso :/ Tomara que tudo melhore em sua vida (yn) Beijinhos

    ResponderExcluir
  2. esse seu texto me fez refletir a frase que vc tem ai em cima do seu blog. de Augusto cury
    nunca devemos abandonar nossos sonhos!
    bjus

    ResponderExcluir
  3. Tem altas doses de coragem aí dentro, néam, Dona Fada? Nessas horas elas ficam mais evidentes.

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  4. Um triste lindo, minha querida...Triste pela situação que você deixa transparecer e lindo pela sua força de coragem e determinação em vencer e continuar! Beijos, que Deus esteja sempre com vocês.

    ResponderExcluir
  5. lindo demais, sei lá é tão estranho ver oque passamos né,espero que as coisas de certo,que deus te abençoe

    ResponderExcluir
  6. RSRRS, sempre pensei assim, como a vida pode ser tão facil para uns, tão dificil para outros, meus pais tb não tinham condições legais de vida, se separaram e cada um foi afundando sua vida, e eu fiquei perdida no mundo, acabei engravidando e quando a coisa parecia não ter como piorar, deus tocou minha vida, acho que por pena, sei la, vai ver ele sentiu meu desespero e se comoveu, consegui uma bolsa na facul, claro que nunca no curso ou sequer setor que eu gosto, mas pensei na epoca faculdade eh faculdade neh, hj to terminando a facul, casei com um homem meio maravilhoso, e tenho um filho que eh minha razao de lutar, flor não se preocupe tanto, a vida muda em uma velocidade tao grande que daq a dez anos vc pode ter mudado de vida umas mil vezes.

    bjx força

    ResponderExcluir
  7. Flor, se nós não nos levantarmos e irmos atrás do que queremos, ninguém - NINGUÉM - o fara. Chorar alivia, mas não adianta. Fico feliz por ter se decidindo e siga firme na sua decisão que dará tudo certo!
    Força!

    ResponderExcluir
  8. Estágio no hospital? Que estudas?
    De qualquer maneira, considero que enquanto não souberes pensar em ti primeiro, será impossível ajudares os outros. Ajudar é algo que vem de dentro para fora. E o "dentro" convém estar harmonioso* ;)
    Filipa*

    ResponderExcluir
  9. É um lindo motivo para continuar! seja forte... muita força. precisando de alguém tô aqui.
    Se cuida

    ResponderExcluir
  10. É realmente algo muito incentivador. E nobre.

    Lindo mesmo.

    Vai dar tudo certo.

    Beijo!

    ResponderExcluir
  11. vc me emocionou muito!!! lindo isso que vc falou!
    mil bjus força e sorte pra vc linda!!! *_*

    ResponderExcluir
  12. As vezes achamos que temos tantos problemas, os piores problemas, e quando paramos pra pensar e olhamos a nossa volta vemos nossa falta de sensibilidade, e muitos em situações extramente piores. Ótima Reflexão, ja to seguindo seu blog.

    Beijos,

    ResponderExcluir