9 de dezembro de 2011

Por favor, mamãe.



"Posso jantar em um restaurante sofisticado
Mas nada, eu disse nada, pode tirar essa tristeza
Porque nada se compara
Nada se compara a você


Como um pássaro sem canção
Nada pode impedir a queda destas lágrimas solitárias

Eu fui ao médico, adivinha o que ele me disse?
Adivinha o que ele me disse ?
Ele afirmou: "Garota, é melhor você se divertir
não importa o que você faça"
Mas ele é um tolo!
Todas as flores que você plantou, mamãe
no quintal
Todas morreram quando você se foi..."


[Sinnead O' Connor - Nothing Compares]
______________________________________

Peguei a minha dor embrulhei bem e pus no bolso. E tentei me distrair, deixar de imaginar o pior, agir semelhantemente a todo mundo, fingir que está tudo bem. Rir como as outras pessoas do shopping, por que ninguém sabe realmente o motivo de eu escolher um copo de refrigerante tão grande e parada na vitrine, nem estou olhando a promoção, é mera imitação. Com licença, fui ali ser hipócrita e já volto.

Eu não consigo achar graça das piadas dos amigos, eles não entendem porque não sentem o peso, que faz mancar minhas convicções. Vivemos como se fossemos eternos, considerando aqueles que amamos como seres imortais, mas não é bem essa a verdade e na realidade todos temos o mesmo medo da perda. Todos os dias acordamos para morrer um pouco, todos os dias...

Minha irmã ligou avisando que a minha mãe estava passando mal. A quinta-feira, já começara amarga pelo fato do meu patrão achar que eu estava usando o telefone da empresa para ligações particulares, demorei em digerir as criticas – não sei lidar com elas. Então perdi o chão. Pensei cada coisa absurda, principalmente na minha irmãzinha de três anos, pensei num futuro sem a minha mãe.  Por favor, mamãe se cuida, não me tire o seu amor

Depois, fiquei sabendo que você chorou, foi nesse exato momento que o meu mundo terminou de se despedaçar. O resto do dia operei no automático. Senti-me impotente. Absorveria toda sua dor se pudesse, se me dessem um desejo apenas. Em resumo minha quinta-feira foi péssima.

13 comentários:

  1. Desejo as melhoras para a tua mãe. Espero mesmo muito que corra tudo pelo melhor!
    Força, querida! Não desanimes!
    Beijinho e abracinho grande!
    Filipa*

    ResponderExcluir
  2. Espero que tudo melhore: sua mãe, o trabalho e principalmente, vocÊ.
    Para se distrair é preciso encontrar a distração dentro de nós... pense nisso! Acho que seu médico não é tolo...
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  3. adorei seu texto sabe que parece como estou me sentindo hj flor vc escreve muito bem mesmo,viajo nos seus textos

    ResponderExcluir
  4. oi sei bem como é esse sentimento
    quem dera se nossos heróis fossem eternos
    bjs

    ResponderExcluir
  5. Eu só queria que a minha fizesse um pouco mais por ela mesma...

    ResponderExcluir
  6. Oh flor...desejo melhoras a sua mãe

    Bjo

    ResponderExcluir
  7. amore ela ja esta melhor.. espero que sim ... bom fds... bjus

    ResponderExcluir
  8. Tem dias pra viver e tem dias pra suportar, apenas.

    Um beijo, Dona Fada.

    ResponderExcluir
  9. É difícil suportar certos momentos. Mas é a vida. Tudo faz parte. Tudo é necessário para crescermos. Basta olharmos com mais sabedoria.

    Beijos!

    ps: tem festinha no meu blog. Ainda tem bolinho por lá rs

    ResponderExcluir
  10. Oi querida.. que sensação ruim eu tive.
    Imagino vc ... mas foi uma coisa legal colocar a dor no bolso. Sabe,a gente não deve se altratar tanto,temos q pensar em aliviar um pouco a própria tristeza mas sei q não é nada facil.
    E parece sempre q algo acontece em seguida só pra piorar o q já não tá muito bom..
    mas calma e força... Desesperar jamais.
    E sempre pode contar comigo *__*
    te gosto muuuiitooo
    beeijoo'

    ResponderExcluir
  11. Querida, sua mãe deve se orgulhar de você.
    Pelo seu amor, cuidados, por sua sensibilidade...
    Todas as vezes que lhe visito me sinto presenteado com seus textos.
    Beijinho de gratidão

    ResponderExcluir
  12. Deixe que o vento leve um dia ruim como esse .

    ResponderExcluir
  13. Ainda bem que para toda quinta existe uma sexta-feira.

    Adorei seu blog, flor!! É de uma beleza ímpar.

    Beijos!!

    ResponderExcluir