13 de março de 2012

Culpa, silêncio!



Foi para não ouvir comentários como o do meu avô que decidi não ir à festa no sábado. Toda vez que ele tem oportunidade, me chama de lado para perguntar por que eu cortei o cabelo, alegando que era mais bonito daquele jeito, pedindo inclusive para eu me olhar no espelho, como se essa mudança de visual tivesse sido fruto de um momento insano do qual eu não estava ciente do que iria fazer. Uma hora ou outra, eles vão aceitar assim como eu aceitei.

Às vezes mesmo sem ânimo, estou estudando. Durante o dia, por entre as ligações – que graças a Deus não são tão frequentes assim, ali da minha mesa na recepção. Alternando os olhos do caderno para a entrada e vice e versa. Na hierarquia de preocupações, ocupa o primeiro posto a prova teórica do DETRAN na próxima quinta, em segundo lugar um concurso no domingo e enfim o Enem.

Preciso provar urgentemente que, não foi mero golpe de sorte ter conseguido ser bolsista integral em uma faculdade particular há alguns anos atrás.  Quero silenciar a culpa, fazer com que ela engula todas as suas acusações.  Pode ser que o orgulho esteja à frente de toda essa motivação, que seja, depois ninguém poderá dizer que não me esforcei. 

12 comentários:

  1. Você é forte e isso assusta muita gente, inclusive o seu avô!
    Força e sorte flor... também ando com muitas preocupações dessas que você tem... que dê tudo certo para nós!
    cheirinho fada

    ResponderExcluir
  2. É tenso qndo criticam sem saber os motivos reais por tras de uma mudaça,mas nao liga pra isso e continue seguindo em frente!
    as vezes tb qro fazer as coisas só pra provar a quem falou de mim. kk
    Beijos e força sempre

    ResponderExcluir
  3. se se sente bem assim vá em frente e boa sorte com o enem.

    ResponderExcluir
  4. Eu tbm tinha o cabelo enorme, todo mundo ahcava lindo, principalmente meu pai... so que nao me sentia "eu" com aquele visual... entao um dia decidi cortar radicamlemente... atraz bem rente a nuca e na frente um pouco mais comprido, na altura do ombro... claro q meu pai teve um choque... e minha mae criticou um monte... mas oq realmente improta eh como nos sentimos com nos mesmas... se vc gostou de como ficou... otimo! se n gostou, é so ter um pouco de paciencia e quando crescer devolta vc arruma.
    Bom, se exitarm outros motivos por vc ter cortado, tbm se deve levar em consideração... o que mais importa é a auto satisfação ;D
    Bjão da Alê

    ResponderExcluir
  5. Vih o importante é seguir a sua verdade, aquilo que vc acredita e estudar bastante porque o conhecimento liberta e auxilia na obtenção do seu objetivo. Boa sorte na prova do Detran, na prova do Enem vc passou uma vez, passará de novo e nos concursos! Li que vc privatizará o blog por isso mando meu email: flordelotus6@gmail.com
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Não se esqueça de mim.


    carolineoliveirafelix@hotmail.com


    Cairla

    ResponderExcluir
  7. "Pode ser que o orgulho esteja à frente de toda essa motivação, que seja, depois ninguém poderá dizer que não me esforcei.".
    A motivação não precisa ser, necessariamente, proveniente de um sentimento positivo. Eu conquistei coisas importantes com uma motivação advinda de sentimentos negativos.
    O que importa é você estar motivada, independente de como seja. Pegue toda essa sua motivação e lance-a em suas ações, de forma a alcançar aquilo que deseja. Não desista. Mantenha seus objetivos em foco (enem, provas, etc) e devore-os, literalmente. Faça, todo mundo que desdenha ou não acredita em você, perceber que você também pode atingir suas metas(não só pode, como irá atingi-las mais cedo ou tarde). Sei que, talvez, não seja fácil, afinal, você trabalha, certamente tem pouco tempo para estudar, entretanto, tentar é imprescindível. Por isso, não desista mesmo. Vá em frente! Estou torcendo, sinceramente, por você.
    Boa prova do Detran!
    E não se esqueça de me adicionar para ler o blog também: mariana.cb1@hotmail.com

    ResponderExcluir
  8. Que situação.
    As vezes a gente se cobra tanto e exatamente porque somos cobradas é difícil lidar com certos aspectos da vida.
    Também tenho que me esfoçar e estudar mais.
    Imagino que você deve se sentir mal,devem exigir muito de vc segundo o que leio por aqui,mas encare a verdade - vc é boa o suficiente pra rebater tudo isso;apesar da distância considero vc como uma amiga real. Se vc é assim pra mim,uma completa estranha,é a maior prova do quanto você é uma pessoa incrível na vida real.
    Força e boa prova *-*

    ResponderExcluir
  9. Oi meu bem...Acho certo sua vontade de querer provar que é alguém melhor do que acham...
    Ter orgulho nem sempre é ruim...
    Meu e-mail:katifirstanna@yahoo.com.br
    Esse é o que eu uso no blog, não costumo entrar, por isso me da uma avisadinha quando vc privatizar, pode ser??
    Te adoro
    Senti tua falta
    E não esquece de me add pra ler o blog hein...^^

    ResponderExcluir
  10. Família e parentes adoram dar opiniões contrárias... já estou me acostumando até.

    Você vai conseguir provar o que quiser, para si mesma e para quem mais quiser ver, ora bolas.

    Abraços!

    marcyabobora@gmail.com

    ResponderExcluir
  11. A mudança é sua, apenas sua. Se você aceita e se sente bem, não releve o que as pessoas acham. Só tu sabes sobre tu mesmas, do que precisa e deseja. E gosta...

    Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Você aceitar é o que importa, querida, é o que você queria, tente não se incomodar tanto com os comentários, mostre o quanto você está satisfeita e pronto.
    Orgulho pode ser bom nessas hora, se não de forma exagerada, para incentivá-la, e se quer provar algo, coloque em mente que é pra VOCÊ, e os outros serão apenas uma platéia admirada, faça por você, não para os outros.
    Se cuida,
    Küss

    runaway.alice@hotmail.com

    ResponderExcluir