31 de julho de 2012

Colecionadora de ilusões


Deitada nesta cama com as luzes apagadas, ainda não são nem vinte e uma horas. No meu mp3 toca algo triste e, eu só queria que o sono viesse logo apagar todos esses pensamentos que gritam no meu ouvido coisas das quais eu não queria ouvir. A minha consciência deita pesada do meu lado, você nunca vai muito além da largada, ela diz. Eu sei, ultimamente preenchi mais uma lacuna no meu histórico de desistências devido à autoescola.



5 comentários:

  1. Boa tarde querida!
    Tenha um bom resto de semana
    e boa sorte com as dietas e força para enfrentar a vida.!
    Beijos'

    ResponderExcluir
  2. Não desista Vihh! Mesmo que pareça difícil! A luta é sempre difícil, mas o que guerreios têm que os diferenciam é a persistência!
    Força, princesa!

    ResponderExcluir
  3. Não importa querida. Nem por isso você é menos capaz. Nem por isso não significa que não seja uma vencedora. Você não está colecionando ilusões. Você está colhendo aprendizados. Você é capaz. Olha, às vezes é necessário dar 99 passos para trás, para aprendemos a dar um passo apenas à frente. E acredite, neste dia este passo valerá como 100 passos à frente... E você ainda escreverá neste blog este passo, este enorme passo. É certo!

    Beijo!

    ResponderExcluir
  4. Quando não perseveramos,não é para não insistirmos naquilo que antevemos enquanto engano?
    E porque julgamos isso ou aquilo,enquanto engano?
    Sei apenas que nunca devemos nos fatigar para construirmos os nossos momentos soberanos.
    Sempre em frente.

    ResponderExcluir
  5. Com toda certeza do tempo da postagem até agora, já passou. Torço que sim!

    Um beijo querida. Fique bem viu!

    ResponderExcluir