10 de julho de 2012

Já fui melhor em esquecer.


"Os velhos olhos vermelhos voltaram
Dessa vez
Com o mundo nas costas
Pra que sofrer se nada é pra sempre?
Os velhos olhos vermelhos enganam
Sem querer
Parecem claros, frios, distantes
Não têm nada a perder
Por que se preocupar por tão pouco?
Por que chorar, se amanhã tudo muda de novo?"
[ Olhos vermelhos - Capital inicial] 


O que fazer quando você se machuca e a dor não passa? A verdade é que eu queria não me importar, sabe... Não ligar mesmo, balançar os ombros e não estar nem ai, que venha o apocalipse. Porém, sem conseguir, o controle fica perdido e a máscara de cera começa a ruir. Essa é a minha kriptonita, minha fraqueza, o que me limita: Esquecer-me de mim mesma. O problema é que eu me abandonei por ai, pelo caminho, achando que nunca mais me precisaria, que poderia desfilar uma carcaça sorridente e aparentemente feliz, achei que isso bastaria.

Sempre estou tentando preencher esse vazio, com uma nova perspectiva. Quantas vezes me pego dizendo: Depois que eu tiver isso serei mais feliz! Esse é o maior engano, mentira que a gente conta para não desistir. Mas funcionando, por que não se iludir? Por que ninguém precisa dizer que, nós nunca estamos satisfeitos, ah, nunca está bom pra nós, basta uma falha e o conjunto inteiro se invalida. Eu sou meu próprio alvo, inocento o culpado e bebo do veneno, pois, me sinto melhor na posição de vitima.

Uma hora vai parar de doer, não se preocupe. Leio um livro, procuro me distrair. Às vezes, as pessoas pensam que tudo o que eu mais quero é fugir, quando na verdade, preciso de um tempo para absorver, tolerar e entender a situação. Eu perdoo, deixo passar em branco, mas demoro um pouco. Pois, é como se eu tivesse um tribunal de júri com advogados de acusação e defesa brigando dentro de mim. Se você me perguntar, vou responder que o meu limite termina aonde a indiferença começa a surtir efeito e, a partir daí deixo de insistir, de lançar sinais de insatisfação, as reclamações param e o pior: Eu começo a ir embora aos poucos, sem me despedir. 

10 comentários:

  1. ... como o tempo percebemos que não basta deixar passar... temos que realmente encarar e tentar viver!

    Que sua dor, não se pronlogue mais que já esta sendo!

    Abraços!

    ResponderExcluir
  2. Oi linda!
    eu tbm me sinto como vc sabe..
    acho q o tempo nao faz uma dor passar,só ajuda a nos acostumarmos com ela =/
    melhoras e boa semana sz'

    ResponderExcluir
  3. Uma hora tem que passar...
    Adorei seu blog.
    Voltarei

    ResponderExcluir
  4. costumam dizer que sou indiferente a tudo aqui em casa,o que não é verdade apenas não consigo demostrar o tempo todo que me importo com tudo.
    Tenha força ok? sei que dizer isso não ajuda em nada,mas é a única coisa que posso dizer,uma hora seja pq vc vai parar de se importar seja por outro problema isso tudo vai passar,por que é assim que a vida funciona.
    beijos

    ResponderExcluir
  5. Oi querida, gosto de ler seus post você escreve bem.
    Quando deixamos algo pra traz pensando que nunca mais vai doer ,nunca mais vamos passar por isso, não adianta porque esta dentro de nos e quando menos esperamos ou quando estamos mais frágeis eles retornam só pra nos fazer sofrer e lembrar que só guardamos la no fundo de nossa alma, mas eu ainda acredito que um dia vai passar.... Se descobrir o segredo antes de mim me avisa, espero que melhore.Bjs

    ResponderExcluir
  6. Amiga é complicado, poderia te dizer que só o tempo.
    Mas não acredito nisso.
    beijos

    ResponderExcluir
  7. Se não passa, muda de forma, de cor... Fica mais acinzentado, desbotado
    Muda de forma, fica um pouco "menos" pior...
    Estou te lendo, Kisu

    Beatrix

    ResponderExcluir
  8. Nem preciso dizer que amo a sua forma de escrever, não é mesmo?
    Às vezes, mesmo parecendo triste, ir embora é o melhor a fazer!

    Tenha um ótimo final de semana, Flor
    =)

    ResponderExcluir
  9. Vale apena acreditar que o tempo é o melhor remedio... acho que é tenho que manter essa fé se não deisito... então acrédite o tempo é o melhor remedio.. a chuva lava tudo.. e amanhã... o amahã a Deus pertence...
    Sucesso minha amiga.. feliciades... e paz...

    ResponderExcluir
  10. O que faz ela passar é a nossa capacidade de absorver. E cada um tem um tempo próprio. E você precisa desse tempo para filtrar. As coisas passam querida. É preciso ter esta noção de que nosso coração precisa ser respeitado. Por mais que em alguns momentos nos iludamos. Porque é necessário... É um importante paliativo acreditarmos.

    Beijo!

    ResponderExcluir