7 de dezembro de 2012

Eu sei



Um fantasma continua sussurrando a frase dita por ele, numa noite qualquer: “Eu sei que você está se esforçando...”. Eu sei. Eu sei. Eu sei? Acordo pela manhã: Eu sei. Dou sinal para o ônibus: Eu sei. O garfo tilintando no prato enquanto almoço: Eu sei. Atendo o telefone no trabalho e antes da voz surgir do outro lado, tudo o que ouço é ele dizendo eu sei. Faltou um “mas” nessa oração em que o sujeito sou eu. Aquele tipo de “mas” que antecede uma lágrima. Então você cuspiu “Eu quero uma companheira” sujeito indeterminado antes que isso se dissolvesse na sua língua como flocos de neve. Então o assunto  saiu pela porta nos deixando sozinhos, não era mais sobre mim - sobre esse meu "eu" de agora, sobre nós, mas, sobre você, desejando alguém para o futuro no mesmo patamar que o seu. Alguns  sentimentos se alimentam de requisitos.

5 comentários:

  1. Que tudo passe!
    Sabe sinto seu sofrimento em cada virgula... mas nada é fácil.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  2. E que requisitos...
    Ficou lindo!

    Bjs!

    ResponderExcluir
  3. Ameei o texto <3 Seguindo,conte comigo =)
    XoXo

    ResponderExcluir
  4. Me sinto como você, ACHO que me esforcei o suficiente, mas sei que ainda falta e muito.

    Não sei o que faço, entreguei nas mãos dele.

    ResponderExcluir