2 de maio de 2013

O que restou

         É, faz tempo que não escrevo nada aqui. Prefiro acreditar que não tenha nada a ser escrito, mas eu bem sei que não é assim. Pode me chamar de negligente, por deixar de fazer algo que me faz tão bem. Mas, tem horas em que as palavras parecem se amontoar na minha garganta, então não resta outra saída senão escrever e aliviar as coisas um pouco. A rotina trabalho-faculdade tem consumido boa parte da minha rotina, quanto a isso eu não tenho nada a reclamar, é a parte de mim semi-realizada. Só a minha auto estima permanece um pouco baixa, uma parcela da culpa é daquele período chato por qual todas as mulheres passam mensalmente, outra deve-se ao fato de ter engordado três quilos, realmente relaxei com a comida.
       
           Infelizmente, nem as palavras mais bonitas do namorado convencem ou desfazem o ódio que você pode estar sentindo em relação ao seu cabelo, por exemplo. Talvez eu ainda estaria alisando se não fossem as influências, do mais eu sempre desejei me assumir ao natural, afinal tem tantas com cabelos naturais maravilhosos, por que o meu também não o poderia ser? Ou estaria com a moto tão almejada na garagem. Usando lentes ao invés de óculos. Resta a impressão de que, ao tentar deixar de ser, eu me perdi em algum lugar sem conseguir me reencontrar. Tudo bem, agora só sobrou eu, as coisas que queria eu acabei deixando pra trás. 


          

4 comentários:

  1. oi acho que to passando pelas mesmas coisas.
    tbm to sem tempo
    + vou procurar inspiração para estar aki de novo
    bjs

    ResponderExcluir
  2. nossa vc voltou... adoro...

    bjos

    ResponderExcluir
  3. Também odeio deixar de ser eu. As vezes paro e penso "que porra eu tô fazendo, isso não sou eu!" e então eu volto à realidade. Tpm sempre nos engorda e o mais cômico é que ela só vem quando estou num super controle emocional, comecional e etc... kkkkkkkkkkkkkk
    Pelo menos alguma parte de você está realizada, a auto estima é assim mesmo... sempre com altos e baixos. É muito relativo. As vezes penso "Nossa, tô um arraso" e outras "Que coisa triste é essa? sou muito feia. E esse cabelo? É melhor ficar em casa e ir dormir". Por isso que não é bom deixar a tristeza bater por causa da auto estima, até porque você está bem em outros setores. Então cabeça pra cima e vamos melhorar tudo em nossas vidas, inclusive essa pessimista que nem preciso repetir... beijão!

    ResponderExcluir
  4. SE possuí as palavras entaladas, que as solte. Saiba é um prazer para o leitor, mesmo que este identifique a melancolia na maior parte das frases.
    ;)

    ResponderExcluir