22 de outubro de 2014

Procura-se coragem para mudar.


"- Você é uma garota de coragem - disse Rose.- Eu não me sinto corajosa.- Os corajosos nunca se sentem assim, querida."- Stephen King (Sob a redoma)

Será o certo? Penso enquanto cutuco o restante de cutícula que ainda não feri. E essa pergunta me mata. Quando percebo passei mais de vinte minutos olhando para o nada. A ansiedade se transforma em ácido e cria cavidades no meu estômago. Chega um momento no qual até o confortável incomoda. Sinto que essa zona de conforto, virou uma bolha de ar e está me prendendo. É como estar numa maré, sem controle, com as ondas me levando. 

Gostaria de ser um pouco menos indecisa, e era isso que eu realmente deveria ter respondido naquela ficha de recrutamento na parte de 'pontos a serem desenvolvidos'. Porém, escrevi outra coisa qualquer. Queria arrancar da minha cabeça todos esses pensamentos negativos, acreditar que é bom mudar, afinal, estou a três anos na mesma e sinto que posso ficar mais três se eu não fizer nada. 

Não é tão fácil simplesmente deixar para trás, seguir em frente, abraçar o novo. Qual a sua dica para quem quer isso?


P.s: Por favor, leiam o 1º capitulo do meu livro, disponivel no wattpad, segue o link, obrigada!


Um comentário: