5 de junho de 2015

Amargura




Ao longo desses semestres, eu pensei seriamente em começar a pagar o carnê de formatura, mas desisti várias vezes sempre pelo mesmo motivo: minha família. Meu pai desde que se aposentou assumiu a  já então evidente condição de toupeira, até tento entender que por questões de estética ele evite estar em público, mas imagine você tendo de convencer seu pai a entrar contigo na formatura, a dançar... Me canso só de imaginar. Nos almoços de aniversário que meus sogros oferecem para mim, ele nunca fez questão de estar, aliás, ele nem os conhece e eu namoro praticamente há quatro anos. Nossas conversas se resumem a trocas de figurinhas no Facebook.  

Quanto a minha mãe, bem, às vezes tenho a impressão de que ela só me procura quando precisa de algo. Faz uns dias que eu tinha avisado do feriado de ontem, uma ótima oportunidade de passarmos o dia juntas, pois ela trabalha num comércio com seus horários malucos e, folga apenas durante a semana. Sendo assim quase não nos vemos. Ficou combinado dela me avisar se iria ou não estar livre no feriado. Entretanto, ela só fez isso para minha irmã, já que esta tinha lhe comprado algo que queria muito, além de ter trocado a folga por causa de um aniversário no domingo, coisa que nunca fez no meu. Vai além disso, tem outras coisas que não compensa comentar. 

Me perdoem a amargura, não sabia que era possível nessa idade  ainda se sentir como aquela garotinha, na qual os pais perdem o recital da escola. É tão ruim querer compartilhar suas conquistas e desistir por que  não vai fazer muito sentido para quem você gostaria que fizesse. Talvez seja tarde demais para querer que as coisas mudem. Não me orgulho de me sentir assim em relação a eles, eu lhes quero bem, mas por hoje vou cozinhando nesse caldo amargo e me empanturrando dele. 

3 comentários:

  1. Família algo muito difícil de lidar!
    Na minha formatura, eu não paguei a "festa"... e na colação minha mãe não estava... foi para mim muito triste, principalmente depois que ela faleceu. Ficou um buraco aberto. Bem meu pai e irmãos estava lá, mais eu gostaria muito que ele estivesse... foi constrangedor ficar explicando para algumas pessoas o PORQUE da minha mãe não ter ido. Mas já se vão 5anos. E eu ainda choro por isto.
    Sei que seu desabafo não é de uma menininha... mais de uma filha, que quer dividir suas conquistas com quem você ama.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Se vc pagar vai ficar com a sensação de que eles não se animaram como você esperava, e se vc não comprar eles vão chegar na hora e falar 'cadê?'. Eu prefiriria desiludi-los e ter 5 mil no bolso, mas talvez eu seja fria demais hahah.
    Eu nem sei o que minha familia fala de mim nas costas sobre esse assunto formatura, porque eu não fiz nem chamei ninguém, fui apenas como convidada no dia, tomei whiskey até morrer, apareci numas fotos alheias e fui embora...

    ResponderExcluir
  3. Ai nossa Sarah, você sente vontade de sair dessa situação? Se sim, tente conversar... de novo e de novo, quantas vezes for necessário... é o único meio de nos fazermos entender =( Um beijo e melhoras viu!

    www.eunomadiando.blogspot.com.br

    ResponderExcluir